02/07/2019 – GOIÁS – INSS e municípios

AUDIÊNCIA PÚBLICA NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA MARCA APRESENTAÇÃO DE ACORDO DE COOPERAÇÃO ENTRE O INSS E OS MUNICÍPIOS, COM INTUITO DE MELHORAR ATENDER AOS USUÁRIOS. O DEBATE FOI COORDENADO PELO DEPUTADO AMILTON FILHO.

Assembleia em Tempo Real

A audiência pública discutiu hoje o tema “Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) quer ser parceiro do seu município”, numa iniciativa do deputado Amilton Filho (Solidariedade), e teve como objetivo apresentar aos prefeitos uma parceria com o INSS, que visa atender e facilitar acesso aos serviços do instituto. Os debates ocorreram no auditório Costa Lima.

“Usamos a tecnologia para atender bem a população, que espera melhoria do serviço público”, salientou Amilton Filho. “Isso é o futuro, é o que o povo espera do poder público. Acreditamos que o serviço do INSS vai facilitar a vida das pessoas que moram no interior. Irá oferecer mais comodidade à população”, reiterou o parlamentar.

O deputado lembrou do lançamento da Frente Parlamentar Municipalista (FPM), da qual é coordenador. “Sabemos das dificuldades dos municípios. Nosso trabalho é para ajudar no fortalecimento das cidades”, pontuou Amilton.

Na composição da mesa, além do parlamentar, o chefe da Advocacia Setorial do Instituto de Previdência dos Servidores de Goiânia, Luís Fernando Xavier de Souza, representantes do prefeito de Goiânia, Íris Rezende (MDB); o deputado estadual Rafael Gouveia (DC); o presidente da Federação Goiana dos Municípios (FGM) e prefeito de Campos Verdes, Haroldo Naves Soares (MDB); o superintendente regional da região Norte e Centro-Oeste do INSS, Roberto Braga; o diretor de atendimento substituto do INSS, Vitor Poubel; o gerente executivo do INSS em Goiânia, Wirley Castro Vargas; e o gerente executivo do INSS de Anápolis, Paulo Henrique Amaral.

O deputado Rafael Gouveia (DC) fez uso da palavra na audiência pública. Na ocasião,o parlamentar afirmou que o assunto é de interesse de todos.

‘‘Será uma parceria que vai dar resultado para o cidadão, o INSS vai ter condições de ter atendimento presencial em 246 municípios. Com a parceria será possível trazer mais servidores para analisar e dar agilidade aos processos. Coloco-me à disposição para podermos trabalhar pelos municípios, pois sabemos das dificuldades que as pessoas enfrentam diariamente’’, pontuou Gouveia.

Importância da parceria

O prefeito de Campos Verdes e presidente da Federação Goiana dos Municípios (FGM), Aroldo Naves Soares (MDB), apontou a importância da criação da Frente Parlamentar Municipalista no Legislativo goiano, para promover o avanço dos trabalhos voltados a atender às necessidades dos municípios.

Aroldo reiterou ainda a disposição da FGM em participar do projeto junto com o INSS. “Estamos aqui para divulgar e levar o evento a todos os municípios goianos”, afirmou o prefeito. “A iniciativa vai facilitar a aposentadoria dos trabalhadores. Muitas vezes, a prefeitura tem que arcar com as despesas para levar a outro município”, explicou.

Aroldo, que também defende a reforma da Previdência, afirmou a importância da pauta no Congresso Nacional. “É indispensável para o Brasil”, avaliou.

Atendimento a custo zero

O superintendente regional da região Norte e Centro-Oeste do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Roberto Braga, afirmou que, sem a parceria, a autarquia não têm “pernas” para atender as pessoas em todos os 246 municípios goianos. ‘‘Essa falta de atendimento acarreta um deslocamento desnecessário para os usuários e, hoje, através da tecnologia, será possível um atendimento rápido e simples com custo zero. Isso mostra um comprometimento com o cidadão, que terá conforto e a mesma qualidade de atendimento de uma agência.’’

Dados sustentam benefícios

O chefe de Benefícios da Gerência Executiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Goiânia, Gescelio Soares, fez uma breve apresentação sobre o acordo de cooperação entre a autarquia e os municípios e afirmou que, de forma isolada, o trabalho não pode ser feito com qualidade.

‘‘O cidadão poderá solicitar os requerimentos e serviços na prefeitura, sem precisar ir até uma agência do INSS. Antigamente, as pessoas tinham que ir até o INSS de ambulância. A prefeitura irá fazer essa ponte até o serviço previdenciário e a pessoa vai poder acompanhar o processo pelo site. O que nós queremos é um acordo que terá um custo muito baixo que vai aumentar absurdamente o PIB da região, porque ele vai acelerar o motor da economia local’’, afirmou Soares.

Em seguida, o diretor de Atendimento Substituto do INSS, Vitor Poubel, também fez uso da palavra e disse que foco da ação, além de aumentar a sustentabilidade da população, a comodidade da população é fundamental, além da economia. “O município se sentindo acolhido dentro de casa. O cidadão vai deixar de gastar seu dinheiro no município vizinho. Essa ação é fundamental para continuar a aproximação e mostrar o que a atual gestão tem feito pelo cidadão’’, ressaltou.