07/12/2017 – GOIÁS – Governadores do Brasil Central destacam atuação estratégica de Thiago Peixoto na criação do bloco

Deputado federal, que comandou as ações de criação do Consórcio como secretário de Gestão e Planejamento de Marconi, recebe menção honra por serviços prestados durante a última reunião do Fórum de Governadores de 2017

Assessoria de Imprensa do Deputado Federal Thiago Peixoto / Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás

O deputado federal Thiago Peixoto (PSD-GO) foi homenageado, nesta quarta-feira (6/12), pelos governadores que participam do Fórum de Governadores do Brasil Central, em Brasília. A homenagem foi sugerida pelo governador Marconi Perillo (PSDB-GO) por conta da participação direta de Thiago na idealização, criação e consolidação do bloco de governadores, que atualmente integra Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Rondônia, Maranhão e o Distrito Federal. Ele participou do processo quando foi titular da Secretaria de Gestão e Planejamento de Goiás (Segplan).

O governador Marconi Perillo lembrou que Thiago teve um papel relevante na idealização e instalação do Fórum de Governadores e da criação do Consórcio Brasil Central (BrC), que integra os Estados citados em um grupo de desenvolvimento regional. Na reunião, o parlamentar contou aos governadores que a ideia surgiu de um encontro que ele teve, no final de 2014, com o professor Roberto Mangabeira Unger, na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

“Conversei bastante com o professor Mangabeira e ele disse da ideia que não tinha conseguido implantar, quando tinha sido ministro, de criação de blocos de desenvolvimento regionais em estados, por exemplo, do Centro-Oeste e Norte. Comentei com ele que o governador Marconi poderia liderar um movimento nestes parâmetros e Mangabeira concordou. Voltei pra Goiás, falei da ideia com o governador, que estava se preparando para o novo mandato, e ele gostou da proposta”, relembrou Thiago.

Marconi Perillo não só abraçou a ideia como convidou o parlamentar, que tinha sido reeleito para o segundo mandato, para assumir a Secretaria de Gestão e Planejamento e ajuda-lo na implantação da proposta. Logo no início de 2015, foram iniciados os trabalhos nesse sentido. Em julho daquele ano, ocorreu em Goiânia o primeiro Fórum de Governadores do Brasil Central, inclusive com a participação de Mangabeira Unger, que, à época, estava no governo federal.

A primeira reunião teve com a presença de governadores de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e do Distrito Federal. O Consórcio, o primeiro do tipo no mundo reunindo Estados, foi criado posteriormente, sendo eleito, como primeiro presidente, Marconi Perillo. Rondônia e Maranhão foram integrados posteriormente.

“O Thiago participou diretamente desse processo, desde o início. Ele nos ajudou muito na construção desse modelo de desenvolvimento regional e na consolidação da proposta. Se chegamos até aqui, contou bastante a contribuição dele”, elogiou Marconi, sugerindo a homenagem ao parlamentar. Os demais governadores presentes concordaram com a sugestão do governador goiano. Na reunião de Brasília, o grupo de governadores também decidiu pela eleição de Pedro Taques (PSDB-MT) para substituir Marconi Perillo na presidência do consórcio.