08/02/2018 – GOIÁS – Marconi e Zé Eliton inauguram 6.º Colégio Padrão Século 21 e ampliam oferta de vagas de tempo integral no Entorno de Brasília

► Unidade, em Formosa, é a 6ª entregue pelo governador neste ano, resultado dos investimentos do Goiás na Frente Educação
► Colégio Estadual em Período Integral (Cepi) Isabel Christina de Souza Ortiz recebeu R$ 4,2 milhões em investimentos e beneficiará quase 500 estudantes do Ensino Fundamental (6.º ao 9.º ano) em tempo integral

Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás

Formosa, 7 de fevereiro de 2018 – O governador Marconi Perillo e o vice-governador José Eliton inauguraram nesta quarta-feira (7/2), em Formosa, a quarta unidade educacional Padrão Século 21 do Entorno de Brasília neste ano, o 6.º entregue no Estado em 2018. O Colégio Estadual em Período Integral (Cepi) Isabel Christina de Souza Ortiz foi construído numa ampla área de 2.958,55 metros quadrados, está orçado em mais de R$ 4,2 milhões e beneficiará 480 estudantes do 6.º ao 9.º anos em tempo integral, ampliando a oferta de vagas da modalidade de ensino a região, informa a secretária de Educação, Raquel Teixeira, que participou da inauguração.

Marconi vai entregar ainda em fevereiro mais dois Colégios Padrão Século 21 na região do Entorno do Distrito Federal, ambos em Formosa, durante o rush de inaugurações do Goiás na Frente. Neste ano, no entorno do DF, as duas primeiras escolas Padrão Século 21 foram inauguradas no dia 24 de janeiro em Valparaíso e Cidade Ocidental. Menos de uma semana depois, no dia 30 de janeiro, a terceira unidade foi entregue em Santo Antônio do Descoberto.

Essas instituições de ensino fazem parte de um grupo de 50 unidades, cujo investimento total, incluindo reformas de várias unidades e construção de diversas quadras esportivas, ultrapassa os R$ 268 milhões. Outras 17 novas escolas já se encontram em processo de licitação. Com isso, o número de colégios Padrão Século 21 somará 67 em todo o Estado. Até o final de março, 30 delas já deverão estar em funcionamento.

Mãe de quatro filhos entre 18 e 8 anos, Maria Gizelma Monteiro de Oliveira foi à escola no dia da inauguração em busca de vaga para o filho de 14 anos, Fábio Monteiro de Oliveira. Ela mora bem próximo à nova unidade e contou que foi atraída pela bela estrutura física da escola e pela possibilidade de o garoto ficar mais tempo no colégio, onde ele poderá aprender as disciplinas tradicionais durante um maior período de tempo e ainda participar de atividades artísticas e esportivas, entre outras. “Quero que minha filha mais nova estude aqui também porque esse colégio é muito bom”, disse.

Homenageado durante a solenidade de inauguração do colégio, junto com José Eliton e Raquel Teixeira, o governador Marconi Perillo lembrou que os investimentos feitos em construção e melhoria das escolas goianas, além da valorização dos professores e administrativos, estão dando excelentes resultados já que Goiás figura na liderança da educação no Brasil tendo alcançado primeiro e segundo lugares no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – Ideb. “Esse ano acredito que sairemos ainda melhor do que no ano passado, pois o Saego deixou claro o nosso crescimento na qualidade de nosso ensino. ”

O vice-governador José Eliton reforçou que a educação é uma área fundamental para o desenvolvimento da sociedade e dos indivíduos. Ressaltou ainda que se sente honrado de participar do Governo de Goiás que construiu uma política educacional que transformou a realidade local e criou um dos melhores sistemas educação do país.

A secretária Raquel Teixeira destacou que nenhum outro governo investiu tanto no ensino público em Goiás. “Temos um governador que investe em todas as áreas, mas tem especial atenção para a Educação. Somente em 2017 foram destinados ao setor mais de R$ 4 bilhões e, ao final desta gestão, teremos entregue 67 novas escolas Padrão Século 21. Isso é histórico. Como educadora fico muito feliz em pertencer a uma equipe de governo que teve tanta sensibilidade com a educação”. A secretária também informou, em primeira mão, que o Governo de Goiás destinará mais de R$ 13 milhões para compra de equipamentos para as bandas marciais das escolas públicas estaduais.

O projeto arquitetônico adotado para as escolas Padrão Século 21 da rede pública estadual chama a atenção por seu estilo arejado e inovador que propicia um ensino de excelência. A proposta foi criada no primeiro Governo Marconi Perillo, quando Raquel Teixeira também era secretária. Além de uma ampla área de convivência, que estimula a interação entre os alunos e professores e cria um ambiente propício aos estudos, as unidades educacionais contam com uma excelente estrutura física, que incluem oito blocos (Administração, Auditório/biblioteca, Laboratórios, Pátio coberto, Quatro banheiros, Vestiário, Quadra poliesportiva coberta, 12 salas de aula e Bloco passarela). Cada prédio tem capacidade para atender até 1.600 alunos dos ensinos Fundamental (6º ao 9º ano) e Médio e um custo total aproximado de R$ 4,2 milhões.

Escolas já inauguradas
C. E. Bairro Cruzeiro do Sul (Valparaíso) no Padrão Século 21 situado no Parque São Bernardo vai atender 500 alunos de Ensino Médio em tempo integral. Área total: 2.971,17 m2. Valor: R$4.226.293,93. Dia 24/01/2018

CPMG Jardim Dom Bosco (Cidade Ocidental) – Colégio da Polícia Militar de Goiás no Padrão Século 21 vai funcionar com turmas de Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e Médio. Área total: 2.995,81 m2. Valor: R$ 4.287.400,81. Dia 24/01/2018

C. E. Engenheiro Paulo César Vaz de Melo (Santo Antônio do Descoberto) no Padrão Século 21 fica no Parque Estrela D’Alva 16 e atenderá cerca de mil alunos do Ensino Fundamental 1 e 2 de uma escola conveniada com a prefeitura que está sendo fechada. O prédio foi cedido pelo Governo de Goiás ao município. Área total: 2.958,55 m2. Valor: R$ 4.206.598,26. Dia 30/01/2018

Cepi Professora Isabel Christina de Souza Ortiz (Formosa) no Padrão Século 21 fica no Parque Lago e já tem 480 alunos do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano). A instituição de ensino é a quarta escola em tempo integral de Formosa. Área construída: 2.958,55 m2. Valor: R$ 4.232.029,93. Dia 7/02/2018

Colégio Estadual Delcídes Ferreira de Morais (Caldas Novas) no Padrão Século 21 tem capacidade para atender 920 alunos, do 6º ao 9º do Ensino Fundamental e Ensino Médio, com funcionamento nos três turnos. Junho de 2017

Transformadas em Padrão Século 21
C. E. Padre Nestor Maranhão Arzola (Buriti Alegre) ganhou reforma geral que incluiu as duas quadras poliesportivas, sendo que uma delas receberá, em breve, cobertura. A unidade também ganhou uma cantina, que vai beneficiar os 740 alunos. Valor R$ 1,5 milhão. Dia 6/2/2018

Colégio Estadual Dr. Pedro Ludovico Teixeira (Doverlândia) ganhou reforma geral que incluiu os blocos administrativo e de salas de aula, os sanitários e vestiários, a cozinha e a quadra poliesportiva. Com a reforma, a unidade passou a atender 350 alunos dos ensinos Fundamental, Médio e EJA (Educação de Jovens e Adultos) distribuídos em três turno. Dezembro de 2017.