08/03/2018 – GOIÁS – “Vamos dar sequência à gestão transformadora do governador Marconi na educação”, diz Zé Eliton

Vice-governador cita tempos em que ministrava aulas de literatura no município de Posse, no Nordeste goiano, e destaca avanços alcançados pela rede estadual de ensino nas gestões do Tempo Novo durante lançamento do Plano Estadual de Inovação e Tecnologia na Educação, no Ginásio Goiânia Arena. Ele destaca que iniciativa acompanha evolução da vida escolar dos alunos. “A sociedade mudou e os jovens são diferentes”, afirma

Comunicação Zé Eliton

“É pela educação que transformamos o estado e o Brasil”, afirmou o vice-governador Zé Eliton na tarde desta terça-feira (06/03), no Ginásio Goiânia Arena, onde participou do lançamento do Plano Estadual de Inovação e Tecnologia na Educação. Ele esteve ao lado do governador Marconi Perillo e da titular da Seduce, secretária Raquel Teixeira.

“Assumirei o governo de Goiás no início de abril, e um de meus compromissos é dar sequência à gestão transformadora do governador Marconi na área da educação”, diz Zé Eliton. Marconi Perillo vai se desincompatibilizar para concorrer às eleições para o Senado Federal.

Durante a solenidade, foi feita a entrega simbólica de 1,7 milhão de cadernos do Aprender +, o repasse de quase R$ 48 milhões para reforma de escolas e a destinação de R$ 24 milhões para a Educação Infantil.

Ao falar da sua trajetória como homem público, Zé Eliton contextualizou a realidade do ensino em Goiás nos dias de hoje com os tempos em que ministrava aula de literatura, na cidade de Posse, no Nordeste goiano. “Após lançar o Estado pela Educação, em 1999, agora presenciamos o nascimento do Estado pela Educação Inovadora, que acompanha a evolução da vida escolar dos nossos jovens. A sociedade mudou e os jovens são diferentes”, disse, ao enfatizar que as ferramentas precisam acompanhar.

Aprender +

Zé Eliton lembra que, em 2018, o projeto Aprender + vai abranger do 5º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio. Ele é apontado como um exemplo de utilização correta de recursos públicos para o interesse da sociedade e de desenvolvimento da aprendizagem nas escolas. Serão distribuídos a professores e alunos nesse ano, 1,7 milhão de cadernos.

Aprender + é um caderno de atividades desenvolvido por técnicos da Seduce com o objetivo de ampliar e sistematizar conhecimento em Língua Portuguesa e Matemática. Lançado em fevereiro de 2017, foi distribuído entre alunos do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental e da 3ª série do Ensino Médio. Foram entregues 474 mil unidades.

Foi oficializado, ainda o repasse de quase R$ 48 milhões para reforma de 450 unidades escolares por todo Estado. O investimento é destinado aos 20 maiores municípios goianos que, naturalmente, possuem maior demanda na rede de ensino. O recurso é proveniente do Tesouro Estadual.

As escolas a serem reformadas por meio do recurso estão localizadas nos seguintes municípios: Águas Lindas de Goiás, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Caldas Novas, Catalão, Cidade Ocidental, Formosa, Goianésia, Goiânia, Itumbiara, Jataí, Luziânia, Mineiros, Novo Gama, Planaltina, Rio Verde, Santo Antônio do Descoberto, Senador Canedo, Trindade e Valparaíso de Goiás.

De acordo com o programa, serão distribuídos 7,5 mil computadores para uso administrativo e de professores. Também serão capacitados 1.171 multiplicadores para o uso das ferramentas tecnológicas. Os equipamentos serão destinados aos 26 Núcleos de Tecnologia Educacionais (NTEs).

Escola Digital

Outra iniciativa, a Escola Digital, é uma plataforma gratuita que conta com cerca de 20 mil conteúdos pedagógicos digitais. Batizada de Aprender + Inovação, a ferramenta pode ser utilizada por todos os gestores, professores e alunos de Goiás graças a uma parceria entre a Seduce, o Instituto Natura, a Fundação Telefônica Vivo e o Instituto Inspirare.

Já por meio do aplicativo Palma da Mão, alunos, pais ou responsáveis passam a ter acesso a informações gerais, como boletim escolar, faltas, quadro de avisos e até compartilhamento de material didático. Para a Educação Infantil, que desde 2016 é alvo de um criterioso estudo do programa Goiás Mais Competitivo e Inovador, o Estado vai destinar R$ 24 milhões para reforçar a criação de vagas.

As novidades, somadas ao que já vem sendo realizado desde o primeiro ano de gestão de Marconi (1999), colocam a educação goiana em um ciclo virtuoso de realizações. A mais recente foi a conquista do topo no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Goiás é um dos quatro únicos estados da federação que atingiram ou ultrapassaram todas as metas estipuladas pelo Ministério da Educação (MEC).

Em 2017 foi lançado o programa Goiás na Frente Educação, que destinou mais de R$ 510 milhões para a rede de ensino. Entre os benefícios anunciados estão o reajuste de salário dos professores, a criação do vale-alimentação para todos os servidores, a aquisição de ônibus escolares, a climatização das escolas, a distribuição de conjunto aluno e a construção e reforma de escolas e quadras esportivas.

O Governo de Goiás está percorrendo o interior goiano para inauguração de escolas Padrão Século 21. A previsão é entregar 50 escolas em 2018. Outras 17 unidades de ensino estão em fase de licitação.