09/02/2018 – GOIÁS – Nova TBC sai na frente na cobertura de inauguração de presídio em Formosa

► Emissora faz entradas ao vivo durante a programação com cobertura da entrega da obra pelo governador Marconi Perillo, em evento com participação da presidente do CNJ, ministra Cármen Lúcia

Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás

Goiânia, 9 de fevereiro de 2018 – Já no ritmo do novo modelo de jornalismo implantado pelo presidente da Agência Brasil Central (ABC), João Bosco Bittencourt, a TBC (Televisão Brasil Central) saiu na frente das outras emissoras e deu em primeira mão as imagens e falas da presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, durante a inauguração do Presídio Estadual de Formosa pelo governador Marconi Perillo. Com a entradas ao longo da programação dessa manhã de sexta-feira, por meio de imagens de smartphone, a equipe de reportagem da TBC praticamente cobriu em tempo real a inauguração da unidade prisional, que tem capacidade para 300 detentos.

A nova TBC vai seguir esse modelo de informação a todo momento, entrando a qualquer momento na programação. O jornalista João Bosco Bittencourt, que assumiu esta semana a direção da Agência Brasil Central, quer uma TBC mais dinâmica e interativa, conectada com as demandas dos goianos e as notícias mais urgentes.

Por determinação do governador Marconi Perillo, interatividade, prioridade para a notícia, prestação de serviços e participação popular passam a ser a marca da programação e do jornalismo dos veículos da Agência Brasil Central (ABC) sob o comando do jornalista João Bosco Bittencourt. O presidente da agência apresentou nesta terça-feira à equipe a proposta de gestão, a Nova ABC.

As novas grades para a Televisão Brasil Central (TBC) e a Rádio Brasil Central (RBC) têm foco em novos produtos, com a produção de três novos jornalísticos nos veículos – um programa de notícias matutino, outro nos moldes do Cidade Alerta para o fim da tarde e um telejornal interativo e debates à noite. Boletins de notícias a cada hora também irão ao ar. As mudanças têm o integral respaldo do governador Marconi Perillo e do vice-governador José Eliton, que aprovaram a nova proposta de gestão.

A descontração, a participação e a interatividade serão as marcas do relacionamento entre o time de jornalistas das novas TBC e RBC com a audiência, diz João Bosco. Apresentação em pé, fim das bancadas e cenários estáticos, intensa participação dos telespectadores, ouvintes e internautas – durante e na definição da pauta da programação – darão o tom do novo jornalismo. A apresentação da notícia terá o suporte de inovações tecnológicas, como cenários virtuais, além de mais transmissões ao vivo. O jornalismo comunitário também ganhará vez e voz. “Vamos aproximar a TBC e a RBC da sociedade”, anuncia João Bosco.