11/07/2019 – GOIÁS – Projeto de revisão do Plano Diretor é repassado à Câmara Municipal

Proposta contém um conjunto de leis para o ordenamento da cidade nos próximos 10 anos.

Prefeitura de Goiânia

O prefeito Iris Rezende entregou oficialmente nesta quarta-feira, 10, ao presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Romário Policarpo, o projeto de lei que prevê a revisão do Plano Diretor da Capital, documento que contém um conjunto de regras que definem o ordenamento urbano da capital. O projeto de planejamento de Goiânia foi elaborado por técnicos da prefeitura com a participação da comunidade e precisa ser aprovado pelos vereadores.

Além de reuniões, seminários, oficinas e audiências públicas, todas as pessoas interessadas puderam contribuir com o processo enviando sugestões e propostas pela internet, por meio de uma plataforma digital disponibilizada pela administração municipal.

“Foram cerca de mil participações, vindas de mais de 50 bairros. Todas as sugestões foram bem estudadas e debatidas para que chegássemos até essa minuta do projeto”, explicou o secretário municipal de Planejamento Urbano e Habitação, Henrique Alves.

Uma das propostas apresentadas no Projeto de Lei que será apreciado pelos vereadores é a criação de Arranjos Produtivos Locais (APL’s) em algumas regiões da cidade. “Queremos setorizar atividades econômicas específicas numa mesma região com benefícios e incentivos. Isso é bom para o empresário e bom para a população”, ressaltou o secretário, citando as áreas de vestuário, na região próxima da rodoviária e as áreas voltadas ao agronegócio ao longo da Avenida Castelo Branco, nos Setores Coimbra e Campinas.

De acordo com Henrique Alves, outro ponto importante do projeto é a revitalização do centro de Goiânia, em especial das fachadas localizadas em áreas tombadas pelo patrimônio histórico.

“Além dos eixos voltados ao desenvolvimento humano e econômico, a proposta de revisão do Plano Diretor também é dividida em outros quatro eixos: Sustentabilidade Socioambiental, Ordenamento Territorial, Gestão Urbana e Mobilidade, Acessibilidade e Transporte”, finalizou.

O prefeito Iris Rezende lembrou que Goiânia foi projetada para 50 mil habitantes e hoje recebe pessoas de todo Brasil. “A cada ano Goiânia vai superando as nossas expectativas. Então é preciso muita responsabilidade e atenção para garantir qualidade de vida à população”, disse. ‘Para se ter uma ideia, Goiânia é a única cidade com mais de um milhão de habitantes que não conta com favelas, porque nós cuidamos no passado. Estamos atentos para não permitir que a cidade não perca a condição de exemplo para o Brasil e é isso que estamos fazendo com a revisão do Plano Diretor”, completou o prefeito.

De acordo com o vereador Romário Policarpo, a Câmara realizará audiências públicas em todas as regiões da cidade para ouvir a população. A expectativa é de que o Plano seja votado até o final do ano.