13/02/2019 – GOIÁS – Casa Civil devolve três obras do acervo do MAC

A Secretaria da Casa Civil devolveu três obras do acervo do Museu de Arte Contemporânea de Goiás (MAC) que ficavam em exibição nas instalações da pasta. Os quadros voltarão a ser abrigados no museu, onde podem ser apreciados pela população durante visitas às exposições.

Portal Goiás

O secretário da Casa Civil, Anderson Máximo, destacou que “a ação é importante porque são obras de qualidade, de autores goianos de expressiva notoriedade e que estavam restritos ao uso da Casa Civil. Queremos que o acesso a elas seja amplo e irrestrito”.

Os quadros ‘Alegria dos Anjos’, de Sebastião dos Reis (1986); ‘São Francisco’, de Fé Cordula (1988) e ‘O Pote’, de Dinéia Dutra (1981), foram retirados da secretaria para retornar ao MAC por funcionários responsáveis pela reserva técnica do museu.

A ideia de devolver as obras partiu da gerência de Gestão, Planejamento, Suprimentos e Logística da Casa Civil. Segundo o gerente Edir Lopes Jr, “as obras decoravam gabinetes de secretários e chefes de gabinete e eram apreciadas por poucas pessoas. Atendendo a uma gestão sem privilégios, com transparência e de acordo com o interesse coletivo, o secretário autorizou a devolução para que as obras pudessem cumprir efetivamente sua missão de alcançar a população e levar as pessoas à reflexão”.

Todo o acervo do MAC, composto por mais de 500 obras, foi adquirido por meio de doação de artistas, instituições e particulares. O museu foi criado em 1988 com o objetivo de preservar, pesquisar e expor obras do acervo estadual e de artistas goianos.

O Museu de Arte Contemporânea de Goiás é um dos quatro prédios que compõem o Centro Cultural Oscar Niemeyer, na Avenida Deputado Jamel Cecílio, número 4490, Setor Fazenda Gameleira. O local é aberto para visitação de terça a sexta das nove às 17 horas, e aos sábados e domingos das 11 às 17 horas.