15/06/2019 – GOIÁS – Governo de Goiás sorteia servidores que farão intercâmbio na China

Seleção foi oportunizada a todos os trabalhadores concursados do Estado.

Portal Goiás

O Governo de Goiás, por meio do Gabinete de Gestão de Assuntos Internacionais, sorteou na manhã desta sexta-feira, dia 14, os servidores que poderão participar do intercâmbio cultural na província de Gansú, na China. A experiência internacional será realizada de 20 de agosto a 20 de setembro e tem como objetivo promover troca de conhecimentos, além de contato com as políticas sociais e a cultura chinesa.

A seleção contou com 60 inscritos, sendo que 21 deles possuem os pré-requisitos necessários e puderam participar do sorteio para as vagas do intercâmbio. “O requisito mínimo que avaliamos foi só o inglês, a capacidade de expressão mínima, a capacidade de compreensão média e a capacidade de expressão daquilo que se aprende lá, então foi isso o que tivemos mais atenção para dar o aceite nas inscrições”, conta o chefe do Gabinete de Gestão de Assuntos Internacionais, Giordano Sárvio Cavalcante de Souza.

Valorizando a transparência, os nomes foram sorteados na presença de Giordano e dos professores da Escola do Governo, André Luís de Castro, Roberta Rodrigues Costa e Leopoldo Henrique Alvarenga Fernandes. A ação também foi gravada e realizada por meio de um site especializado em sorteios na internet.

Foram sorteados Phelippe Dall Agnol, Carlos Antônio Cristóvão, Marcelo Dias da Silva e Virgínia Gomes Castro. Desses quatro, a comitiva chinesa irá selecionar, dentre os seus requisitos, dois servidores que serão contemplados com a bolsa de estudos do intercâmbio. Também foram sorteados nesta sexta-feira os servidores Alexandre Prates e Dennys Paulo de Azevedo, que vão fazer parte do cadastro de reserva, caso algum dos selecionados não possa participar. O resultado final deve sair até o dia 1º de julho.

As bolsas de estudo são fruto de um acordo internacional de cooperação entre o Governo de Goiás e a Província de Gansú, que existe desde 2005. No caso do intercâmbio de servidores goianos, esta será a terceira edição. Para democratizar o acesso à oportunidade, o governador Ronaldo Caiado pediu este ano que todos os servidores efetivos – e que estiverem dentro dos critérios pré-estabelecidos – pudessem concorrer às vagas. Nas edições passadas, a seleção era fechada. No próximo ano, o Governo de Goiás manterá a democracia na escolha, mas estuda incrementar o processo de seleção, com avaliação de currículo e provas específicas.

Os selecionados ficarão um mês na Província de Gansú para conhecer os programas desenvolvidos naquela região na China. O foco da ação de intercâmbio é intensificar laços de compreensão e relacionamento, com vistas a facilitar cooperação mútua em diversas áreas.

Em abril, Caiado recebeu uma comitiva de Gansú em Goiânia. Na ocasião, conversaram sobre o desenvolvimento de diversas parcerias, especialmente nas áreas de educação, indústria e agronegócio, e foi celebrado o acordo envolvendo o programa de intercâmbio. “Toda parceria acrescenta e muito. Ainda mais neste caso, que é uma troca de experiência com outra cultura. Sabemos o quanto eles avançaram na área de pesquisa, de tecnologia. Tudo o que pudermos atrair, que vá levar à melhoria, à evolução na nossa área educacional e social, são pontos que devemos, mais do nunca, apoiar”, disse.