15/09/2020-Goiás-Hospital de Jaraguá registra primeiras altas da Covid-19

No início do mês, o Governo de Goiás implantou 15 leitos, dez de UTI, para assistência dos casos de coronavírus

Emoção, alegria e esperança foram os sentimentos que tomaram conta do Hospital Estadual de Jaraguá Dr. Sandino de Amorim (Heja) nesta terça-feira, dia 15. As duas primeiras altas de pacientes internados com a Covid-19 foram registradas.

O hospital integra a rede de saúde do Governo de Goiás e inaugurou 15 leitos dedicados para casos de infecção pelo coronavírus, sendo dez Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), no início deste mês de setembro. A ação reforça o projeto do Estado de garantir uma assistência regionalizada de combate à doença.

Antes de deixar a unidade de saúde, os pacientes receberam festa e aplausos dos colaboradores do hospital, simbolizando a vitória contra a doença. Os recuperados, que exibiam um “Certificado de Bravura” contra a Covid-19, também não esconderam a felicidade em vencer a batalha contra a doença.

Batista Elias Campos, de 61 anos, e Severina Conceição Damasceno, de 84 anos, deram entrada no Heja no dia no dia 10 de setembro com sintomas e quadro clínico da infecção pelo coronavírus. Devido a gravidade do estado de saúde, eles foram encaminhados para UTI.

Recompensa
Para toda equipe do hospital é gratificante ver os pacientes se recuperarem. “Nos sentimos vitoriosos. A nossa missão é prestar a melhor assistência possível e garantir que essas pessoas melhorem e possam retornar para suas casas e suas famílias”, destacou a diretora de humanização do Heja, Camila Marques.

O sucesso na recuperação dos pacientes se deve ao empenho da equipe multiprofissional que está na linha de frente de combate à doença, levando assistência segura aos internados. A diretora lembrou que “a dedicação de todo o grupo tem sido fundamental para a que a unidade possa cumprir com o seu compromisso com a saúde”.

O enfrentamento do coronavírus é um dos maiores desafios para a saúde no Brasil e no mundo. Profissionais de saúde se esforçam para manter o equilíbrio em meio ao cansaço para oferecer o seu melhor aos pacientes. A vitória das pessoas atendidas no Heja ganha um sabor ainda mais especial, não só de dever cumprido, mas também de ânimo para continuar a batalha.

Fotos: Divulgação/IBGH