16/01/2020- Goiás- Farmacêutico, um profissional primordial para a saúde

Desde 2007, celebra-se em 20 de janeiro o Dia do Farmacêutico. A data marca também a fundação da Associação Brasileira de Farmacêuticos (ABF). A profissão é muito antiga, no Brasil, o primeiro registro de atividade foi a partir da chegada dos portugueses no período de colonização, por meio dos boticários. E a partir do século XIX, teve início o ensino da profissão no país.

Esse profissional da saúde entende os medicamentos, desde seu desenvolvimento até a dispensação para o cliente final. Segundo dados divulgados pelo portal Infomoney em 2018, o farmacêutico é considerado o terceiro especialista mais contratado no Brasil. São profissionais de fácil colocação no mercado por atuarem em segmentos bem diversificados como distribuidoras, hospitais, clínicas, laboratórios, pesquisas, indústrias, educação, entre outros.

Buscando a valorização profissional, o Conselho Federal de Farmácia (CFF) lançou em 2019 uma campanha com o objetivo de estimular a população a observar e reconhecer o quanto o farmacêutico é essencial à saúde e ao bem-estar da população. São ações como essas que valorizam o profissional frente à comunidade.

A atuação do farmacêutico na atenção do uso de medicamentos pela população é essencial — ele garante a dispensação do medicamento correto conforme a prescrição e orienta os pacientes a forma correta de utilizá-lo, pois se administrado incorretamente o remédio pode acabar causando malefícios à saúde.

Neste 20 de janeiro, parabenizo todos os farmacêuticos, enfatizando que uma saúde de qualidade é uma saúde multidisciplinar e o farmacêutico faz parte disto. Desta forma, reforço a campanha de 2019 do CFF com o slogan, “onde tem saúde e qualidade de vida, tem um farmacêutico”.

Autor: Vinícius Bednarczuk de Oliveira é farmacêutico, Doutor em Ciências Farmacêuticas – Coordenador do Curso de Farmácia do Centro Universitário Internacional Uninter.

MAIS INFORMAÇÕES