17/09/2019 – BRASIL – Mostra de cinema argentino traz cinco filmes ao Cine Brasília

Na programação comercial, destaque para a estreia do longa brasileiro Os jovens Baumann. Bacurau segue bombando, com audiência média de 400 pessoas

AGÊNCIA BRASÍLIA

O Cine Brasília empresta sua tela para a Mostra de Cinema Argentino, de 19 a 22 de setembro. São cinco filmes de alta qualidade que revisitam a questão de quem faz o melhor na sétima arte no subcontinente latino-americano. A exposição tem entrada franca.

Na programação comercial, com cobrança de ingressos, estreia o longa brasileiro Os jovens Baumann, que brinca com linguagem híbrida entre ficção e documentário (“mockmentary” ou falso documentário, do neologismo em inglês).

A diretora Bruna Carvalho Almeida reconta o suposto desaparecimento de oito primos que se reuniam para passar férias em uma outrora sede de uma fazenda de café no Sul de Minas. A narrativa recupera a imagem estranha do VHS para tempos de 4K e é costurada por voz em off, num clima de mistério que não se resolve.

Bacurau, por sua vez, continua lotando o Cine Brasília com audiências médias acima de 400 pessoas. Confira detalhes da Mostra e das sessões pagas a seguir.

Fichas técnicas, trailers

Mostra de Cinema Argentino (entrada franca)

Minha obra-prima (Mi obra maestra)

De Gastón Duprat e Mariano Cohn (2018, comédia, Argentina/Espanha, 61 minutos, 13 anos)

Sinopse
Arturo (Guillermo Francella) é um marchand encantador, sofisticado, embora um pouco inescrupuloso. Renzo (Luis Brandoni) é um artista plástico talentoso e um pouco selvagem, que está em decadência. Ainda que ambos estejam unidos por uma profunda e antiga amizade, não coincidem em quase nada: seus universos e ideias são opostos, o que gera constantes brigas e desentendimentos. Arturo vai tentar por todos os meios reverter a sorte do seu amigo e colocar sua obra no mercado. Porém, a obstinação e teimosia de Renzo farão fracassar cada tentativa. Quando tudo parece perdido, Arturo colocará em ação um plano tão extremo quanto genial.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=y-JwQWD54Q0

Eu menina (Yo Niña)

De Natural Arpajou (2018, drama, Argentina, 85 minutos, 13 anos)

Sinopse

Uma menina num universo volúvel e instável. Entre cartas que não são lidas, desenraizamentos, segredos e contradições. A menina estranha, a menina adulta, a menina pequenina tenta decifrar o que não entende e procura o amor que lhe falta enviando sinais marcianos.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=EoLgemzE-Jg

Uma viagem inesperada

De Juan José Jusid (2018, drama, Argentina/Brasil, 87 minutos, 16 anos)

Sinopse

A vida do engenheiro argentino Pablo (Pablo Rago) floresce no Rio de Janeiro ao lado da bela e jovem Lucy (Débora Nascimento). Em uma semana ele vai realizar o projeto mais importante de sua carreira: a inauguração de uma plataforma de exploração de petróleo. O clima bucólico é interrompido por uma ligação de sua ex-mulher, Ana (Cecilia Dopazo), que chorando lhe informa que Andrés (Tomás Wicz), filho adolescente do casal, está fora de controle e vai ser expulso da escola. Pablo decide parar tudo e voltar a Buenos Aires para um reencontro com o filho que não será fácil.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=Ao_WJBEE9R0

Tudo sobre o churrasco (Todo sobre el asado)

De Mariano Cohn e Gastón Duprat (2016, documentário/ficção, Argentina. 90 minutos, 12 anos)

Sinopse

Documentário com um olhar afiado e incorreto sobre o churrasco, comida e ritual associados à identidade nacional argentina. Pela primeira vez, um filme indaga sobre os distintos aspectos do churrasco, e o faz mediante testemunhos de açougueiros, chefs de cozinha, psicólogos e outras pessoas relacionadas com o assunto.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=adlRxRKBXUM

As Ineses (Las Ineses)

De Pablo José Meza (2016, comédia, Argentina/Brasil, 75 minutos, 13 anos)

Elenco: Luciano Cáceres, Brenda Gandini, André Ramiro

Sinopse
Carmen e Rosa vão juntas dar à luz no hospital. As mulheres são vizinhas e seus maridos, Pedro e Ramón, têm o mesmo sobrenome García. Quando os García conhecem suas filhas não podem ocultar sua surpresa. Pedro acredita que a bebê morena que recebem da enfermeira não se lhes parece; e, aos gritos, Ramón jura que a bebê loira que acabam de entregar à sua esposa não pertence a eles. Assim começa a incrível história dos vizinhos García e suas filhas: duas meninas trocadas no dia do seu nascimento… ou depois!

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=OL17XOQ9qCM

Programação comercial (cobrança de ingresso)

Os jovens Baumann

De Bruna Carvalho Almeida (2018, suspense, Brasil, 70 minutos, 14 anos)

Sinopse
A história de jovens que misteriosamente desapareceram após as férias de verão da família. Através de cenas de fitas VHS com registros caseiros de seus últimos momentos, o filme reorganiza os fragmentos de um mistério até hoje sem solução.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=J7646KC0KCA

Bacurau

De Juliano Dornelles, Kleber Mendonça (2019, drama/ficção, Brasil/França, 132 minutos, 16 anos)

Sinopse
Num futuro recente, Bacurau, um povoado do sertão de Pernambuco, some misteriosamente do mapa. Quando uma série de assassinatos inexplicáveis começam a acontecer, os moradores da cidade tentam reagir. Mas como se defender de um inimigo desconhecido e implacável?

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=1DPdE1MBcQc

Programação de 19/09 a 25/09

Quinta-feira, 19/09

16h – Bacurau

18h30 – Os Jovens Baumann

20h – Minha Obra-Prima (Mostra do Cinema Argentino)

Sexta-feira, 20/09

16h – Bacurau

18h30 – Os jovens Baumann

20h – Eu menina (Mostra do Cinema Argentino)

Sábado, 21/09

16h – Bacurau

18h30 – Os Jovens Baumann

20h – Uma viagem inesperada (Mostra do Cinema Argentino)

Domingo, 22/09

16h – Bacurau

18h30 – Tudo sobre o churrasco (Mostra do Cinema Argentino)

20h – As Ineses (Mostra do Cinema Argentino”

Na segunda-feira (23) e terça-feira (24), não há sessões de cinema

Quarta-feira, 25/09

16h – Bacurau

18h30 – Os Jovens Baumann

20h – Bacurau

Serviço

Ingressos a R$ 12 (inteira); a bilheteria não aceita cartões, apenas dinheiro.

Endereço: Asa Sul, entrequadra 106/107. Telefone: (61) 3244-1660

* Com informações da Secretaria de Cultura