19/11/2020-BRASIL-Dia da Bandeira é celebrado no Palácio do Planalto

Um dos símbolos nacionais, a bandeira foi hasteada ao som do Hino Nacional

Dia da Bandeira é celebrado no Palácio do Planalto
Presidente Bolsonaro participa da comemoração do Dia da Bandeira. – Foto: Marcos Corrêa/PR

Hoje, 19 de novembro, é celebrado o Dia da Bandeira. O símbolo nacional atual foi apresentado logo após a Proclamação da República, que ocorreu no dia 15 de novembro de 1889. Para marcar a data, o Presidente Jair Bolsonaro, a primeria-dama, Michelle Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourão e ministros participaram da cerimônia de hasteamento da Bandeira Nacional, em frente ao Palácio do Planalto.

Ao som do Hino Nacional, executado pela banda do batalhão da Guarda Presidencial, a bandeira foi hasteada. Em seguida, a banda executou o Hino à Bandeira do Brasil, que exalta o significado com a letra “Salve, lindo pendão da esperança! Salve, símbolo augusto da paz! Tua nobre presença à lembrança a grandeza da Pátria nos traz”.

Significados
A Bandeira Nacional é um dos símbolos nacionais. O historiador Bruno Santiago explicou o significado de alguns dos desenhos da bandeira.

A frase escrita na bandeira, “Ordem e Progresso”, foi inspirada em uma frase do positivista Augusto Comte. “Miguel Lemos, que acredita-se foi o autor daquela expressão ‘Ordem e Progresso’, tirou aquilo de uma cunha positivista criada por Augusto Comte, ainda no século 19. Dentro da harmonia precisa ter ordem e, dentro da ordem, esperamos o progresso”, explica Bruno Santiago.

As estrelas que estão no círculo azul da bandeira representam os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal. “Na época do Império, todos os signos e composições da bandeira retratavam a casa imperial brasileira. Já com a República, tem-se uma preocupação em retratar os entes da Federação que formam a República.”

“Inicialmente, a bandeira do Brasil foi composta de 21 estados, sendo que aquela estrela solitária acima da faixa branca representa o estado do Pará, que na época era o único localizado no hemisfério norte. Hoje, temos outros estados que estão no hemisfério norte como o Amapá e Roraima, mas por questão de estética, permaneceu apenas o estado do Pará”, acrescenta o historiador.

História e curiosidades sobre a Bandeira
Após a proclamação da República, em 1889, uma nova bandeira foi criada para representar as conquistas e o momento histórico para o país. Projetada por Raimundo Teixeira Mendes e Miguel Lemos, com desenho de Décio Vilares, foi inspirada na Bandeira do Império, desenhada pelo pintor francês Jean Baptiste Debret.

Cercada de honras, a Bandeira Nacional traz algumas curiosidades. Se permanece hasteada durante a noite, deve estar devidamente iluminada. Quando várias bandeiras são hasteadas simultaneamente, a nacional é a primeira a atingir o tope e a última a descer. Em funerais, fica a meio mastro, mas antes deve subir até o topo do mastro. É considerado desrespeito à bandeira apresentá-la em mau estado de conservação.

A Bandeira Nacional é hasteada de maneira permanente na Praça dos Três Poderes, em Brasília (DF). No primeiro domingo de cada mês, é promovida uma cerimônia de troca da bandeira.