21/02/2020- Goiás- Parceria pela Valorização da Educação (PVE) chega ao 12º ano com melhorias para a educação em Niquelândia (GO)

Programa de iniciativa do Instituto Votorantim e da CBA visa impulsionar
transformações na educação pública por meio de mobilização social e qualificação da

gestão educacional.

Com mais de uma década de atuação em Niquelândia (GO), o programa Parceria pela
Valorização da Educação (PVE), iniciativa do Instituto Votorantim e Companhia Brasileira de
Alumínio (CBA), teve renovação confirmada para continuidade dos trabalhos em 2020. Em sua
12ª edição, o PVE visa impulsionar transformações na educação pública, por meio da
mobilização social das comunidades e da qualificação das práticas de gestão educacional e
escolar.
Para oficializar a renovação e reafirmar os propósitos em todo o país, os secretários de
Educação dos municípios abrangidos pelo programa participaram, nos últimos dias 11 e 12 de
fevereiro em São Paulo (SP), da Oficina de Pactuação do PVE.
Para o secretário de Educação de Niquelândia, Wesley Campos, há mais de 11 anos o
programa traz motivação para gestores da área da Educação e professores da região
superarem obstáculos e promoverem melhorias nas redes de ensino.
“O PVE nos coloca em uma rotina prática em busca de melhorias para as escolas e para a
educação de forma geral. Traz melhorias no acompanhamento da aprendizagem, da gestão e
das ferramentas de trabalho e impacta diretamente no relacionamento das escolas com
alunos, as famílias e a comunidade”, destacou.
Sobre o PVE
Em 2019, o PVE atendeu mais de 1,2 mil escolas em 17 estados, impactando 360 mil alunos em
todo o Brasil. Ao todo, foram capacitados 2.456 diretores e coordenadores pedagógicos, além
de 750 técnicos das secretariais municipais de educação.
O PVE é executado em quatro ciclos, por meio das frentes de fortalecimento da gestão, que
envolve a qualificação de técnicos das secretarias de Educação, gestores educacionais e
escolares. A outra frente é a de mobilização social, que visa engajar a comunidade para
aumentar a participação local nas demandas por uma educação de qualidade.
No primeiro ciclo ocorre a definição das competências prioritárias e do problema educacional
que vai conduzir a formação. Depois, é feita a formação em conteúdos específicos e a
realização de atividades práticas que discutem o conteúdo. Por fim, é feita a consolidação dos
conteúdos aprendidos e compartilhamento do aprendizado.
O tema central das atividades em Niquelândia será definido durante o 1º Ciclo de Atividades
nos dias 1, 2 e 3 de abril.
Sobre a CBA
Desde 1955, a Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) produz alumínio de alta qualidade de
forma integrada e sustentável.

Com capacidade instalada para produzir 100% de energia vinda de hidroelétricas próprias, a
CBA minera a bauxita, transforma em alumínio primário (lingotes, tarugos, vergalhões e
placas) e produtos transformados (chapas, bobinas, folhas e perfis). Em estreita parceria com
seus clientes, a CBA desenvolve soluções e serviços para os mercados de embalagens e de
transportes, conferindo mais leveza, durabilidade e uma vida melhor.
A CBA está bem perto de você. Acesse: www.cba.com.br.
Informações para a imprensa:
Oficina de Comunicação (62) 3225-4899
Sirlene Milhomem (62) 98176-0297 sirlene@oficinacomunica.com.br
Luísa Gomes (62) 9911-2950 luisa@oficinacomunica.com.br