23/08/2017 – GOIÁS – Marconi, em Mutunópolis: “Cada vez que tentam me derrubar, eu levanto mais forte e vou à luta”

Governador incentivou o prefeito a continuar economizando, afirmando que quanto mais enxuta for a administração, mais vai sobrar dinheiro para o povo receber as obras de que precisa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás

Mutunópolis, na região Norte do Estado, a 39 quilômetros de Porangatu, recebeu na manhã de hoje, do programa Goiás na Frente, pelas mãos do governador Marconi Perillo, R$ 2 milhões para aplicar em obras de recuperação asfáltica e construção de um parque municipal. O convênio foi assinado pelo governador e o prefeito Júnior do Jonas, na quadra coberta da cidade.

Em menos de oito meses de gestão, o prefeito informou que já contabiliza várias outras conquistas com a ajuda do governo. “Já conseguimos um ônibus escolar e estamos com a documentação pronta para recebermos uma van para o transporte de universitários e uma nova ambulância”, disse.

Júnior também anunciou que a cidade irá receber 72 casas populares através de convênio com a Agehab. “Esse novo residencial havia sido anunciado pelo governador no início do ano. Só agora conseguimos regularizar o terreno e já estamos assinando o convênio com a Agehab”, declarou. “As coisas estão acontecendo no nosso município. O governador nos tem dado muito apoio. Vamos aplicar os recursos com responsabilidade”, salientou o prefeito.

Ao justificar o valor de R$ 2 milhões a Mutunópolis, o governador disse que “a alguns municípios estamos compensando a falta de investimentos no passado”, explicando que alguns prefeitos de oposição em gestões passadas não se interessaram em firmar convênios com o Estado.

Marconi incentivou o prefeito a continuar economizando: “Quanto mais enxuta for a administração, mais vai sobrar dinheiro para o povo receber as obras de que precisa”.

Ao referir-se à rodovia que liga Mutunópolis a Porangatu pavimentada e inaugurada em seu governo, Marconi lembrou que ela, até então, era conhecida como a “estrada da promessa”, de governadores do passado.

Por fim, reafirmou que está governando com a disposição de quem está começando o mandato. “Estou na fase final de meu quarto governo, mas me sinto como se estivesse começando. Já tentaram me derrubar muitas vezes. Eu estou aqui de pé, levando obras a todos os municípios. Cada vez que tentam me derrubar, eu levanto mais forte e vou à luta”, sentenciou Marconi.

Na próxima segunda-feira, o governador e o vice-governador José Eliton terão percorrido 208 cidades. Até dia 6 de setembro todos os 246 municípios terão sido visitados.