28/10/2020-Goiás-Estoque de sangue tem queda pelo 2º mês seguido

Demanda nas unidades do governo estadual aumentou de 3,2 mil para mais de 4 mil bolsas mensais.

Com a retomada de várias atividades no comércio e setor turístico em Goiás, e o consequente aumento no fluxo de veículos nas ruas e estradas, os números de acidentes também aumentaram. Com isso, houve um crescimento na demanda por sangue na Hemorrede Pública de Goiás, que subiu de 3,2 mil para mais de 4 mil bolsas mensais.

A diretora-geral da unidade, Denyse Goulart, faz um apelo à população que está em bom estado de saúde e que atende aos critérios de doação para comparecer a uma das unidades da Hemorrede.

“Com a chegada das chuvas, sobem os números de casos de dengue e, consequentemente, a demanda por sangue e hemocomponentes. Além disso, temos uma demanda constante de sangue para tratamento de doenças crônicas, transplantes, cirurgias de urgência e eletivas, Covid-19, entre outras”, reforça.

Denyse lembra que, devido à pandemia, muitos voluntários ficaram impedidos de doar sangue este ano por vários meses consecutivos, o que refletiu na queda dos estoques — nos últimos dois meses foi registrado um déficit de 36%, se comparado aos números de coletas realizadas em setembro e outubro de 2019.

“A orientação do Ministério da Saúde é para que pessoas que tiveram contato com pacientes infectados ou com suspeita de Covid-19 fiquem impedidas de doar sangue pelo prazo de 14 dias e, para quem foi considerado caso suspeito ou confirmado, o prazo é de 30 dias após a remissão dos sintomas”, explica a diretora-geral. A Hemorrede Pública de Goiás ainda restringiu a idade máxima dos doadores de sangue e de plaquetas para 60 anos, para evitar a presença de pessoas do grupo de risco da doença nas unidades.

Agendamento

Para tornar o atendimento mais rápido e eficiente, a Hemorrede Pública de Goiás implantou em março deste ano o serviço de agendamento on-line e telefônico para doação de sangue. “Neste mês de outubro, ultrapassamos 10 mil atendimentos em todo o Estado. Isso mostra que o serviço vem cumprindo sua missão de dar celeridade e organização nas agendas das unidades”, pontua Denyse.

Para marcar um horário para doação de sangue em das unidades da Hemorrede Pública de Goiás, basta acessar o site agenda.hemocentro.org.br ou ligar no telefone 0800 642 0457, em Goiânia, ou nos telefones de cada unidade, disponíveis no site do Hemocentro.

Quem pode doar

Os requisitos básicos para passar pela entrevista pré-doação de sangue são: estar saudável, ter peso acima de 50 kg, apresentar documento com foto válido em todo o território nacional e idade entre 16 e 60 anos – antes de completar 18 anos é necessária uma autorização dos pais ou responsáveis. Doadores acima de 60 anos são orientados a ficar em casa, pois são pessoas do grupo de risco do novo coronavírus. Quem tomou a vacina da febre amarela ou sarampo deve aguardar 30 dias para fazer uma doação. Já para vacina contra gripe, o prazo é de 48 horas.

Comunicação Secretaria da Saúde